Bird Race Açores 2014

BirdRaceCortado

Já temos os resultados da Bird Race Açores 2014. Sem mais demoras a equipa vencedora foi a Team Terceira, composta pela Sofia Goulart, Elizabeth Pacheco e Rúben Coelho, com 52 espécies observadas.

UntitledSão Miguel, a equipa maravilha de Nuno Bicudo, Carlos Ribeiro e Gerby Michielson, não ficaram muito longe, apenas com uma diferença de 4 espécies, tendo totalizado  48 espécies observadas.

Segui-se o Pico, com a Equipa montanha de Valter Medeiros e Justin Hart com 33 espécies observadas.

As restantes equipas ficaram um pouco abaixo, resgistando na sua maioria apenas espécies residentes. De salientar que nestas ilhas (Faial, São Jorge e Corvo), à partida,  o potencial para observação é menor, pelo que independentemente da qualidade dos observadores, seriam expectáveis resultados menores. Contudo o Faial, mesmo com um potencial menor, foi a ilha que registou uma maior participação, o que mostra que a vontade de observar aves por lá é grande, o que nos deixa muito satisfeitos.

No total da Bird Race foram observadas 71 espécies nos Açores num só dia … resultado fantástico para esta altura do ano. A este valor acrescentamos mais quatro espécies que foram observadas pela equipa do Aves dos Açores que, embora não entrando a concurso, também, foi para o campo observar aves, desde o nascer ao pôr do sol. Assim, a totalidade das espécies observadas no arquipélago saldou-se em 75 espécies.

Na lista que se segue para consulta encontram-se assinaladas as espécies observadas na Bird Race por equipa. As espécies estão sinalizadas a várias cores indicando respectivamente: verde – espécies residentes; azul – migradores regulares; laranja – espécies raras.

Lista espécies observadas na BirdRace –Lista especies

Das raridades observadas destaca-se o merganso-grande Mergus merganser (Contendas – Terceira), que foi o primeiro registo desta espécie na Terceira, e a segunda observação para os Açores. A elevada quantidade de espécies de gaivotas, principalmente nas ilhas da Terceira e São Miguel, bem como patos, onde São Miguel voltou a demonstrar o seu potencial para a ocorrência deste grupo de aves. No grupo das limícolas a Terceira, como seria de esperar, destacou-se, no entanto os resultados da ilha do Pico surpreenderam neste grupo (12 espécies).

Novamente um muito obrigado a todos os participantes. O bom espírito que demonstraram neste dia, dá-nos vontade de repetir a experiência. Continuem a enviar registos, porque agora o Big Year Ilhas começa a todo o vapor.

Equipas

Fotografia das equipas que participaram na Bird Race Açores 2014

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta actividade, mais que uma competição entre observadores,  pretende  promover a observação de aves e divulgar, desta forma, o património avifaunistico da região, através de um dia bem passado com amigos e/ou família a observar e identificar aves.

Assim, durante um dia inteiro (11 de Janeiro) os observadores, em equipa, foram para o campo procurar o máximo de aves que conseguiram observar e identificar. Após o envio dos dados para o site será revelado a equipa vencedora, ou seja, a que conseguiu registar o maior número de espécies de aves.

Esta actividade será também o mote para dar início ao Big Year Ilhas que irá decorrer durante todo o ano de 2014.

 

Anúncios