Codorniz dos Açores

Coturnix coturnix conturbans

Outros nomes: codorniz (Continente)

Esta pequena galinácea, muitas vezes escutada e raramente observada, começa a alegrar a paisagem açoriana com o seu canto, a partir de meados de Março, podendo o seu período de reprodução prolongar-se, por vezes, até Outubro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Identificação

Tem o aspecto duma perdiz em miniatura. A cor da sua plumagem, essencialmente castanha, varia entre o castanho-escuro nas partes superiores e os tons mais claros e arruivados do seu peito. A garganta (com uma lista preta no centro no caso dos machos) e o ventre são brancos. As patas são curtas e amareladas-rosadas. Tem um bico pequeno e escuro. As fêmeas são semelhantes mas apresentam uma plumagem mais clara.

Abundância e calendário

Subespécie endémica. Residente. Ocorre em todas as ilhas do arquipélago, sendo rara nas Flores e pouco abundante no Corvo, no Pico e em Santa Maria. Em São Jorge, Faial e em São Miguel é localmente comum, sendo abundante na Terceira e na Graciosa.

Ocorre em pastagens, preferencialmente de baixa altitude, embora em São Jorge e no Pico, existam observações, durante o período de reprodução, na cota dos 800-1200 metros de altitude; culturas cerealíferas e hortícolas; em geral terrenos abertos com vegetação herbácea alta onde possa esconder-se.

Onde observar

Não sendo uma espécie muito fácil de observar, é contudo fácil ouvir o seu canto durante a época de reprodução. Eis uma lista, não exaustiva, de alguns dos melhores locais, no arquipélago dos Açores, onde observar a codorniz dos Açores.

Flores: Ponta Delgada

Corvo: pastagens baixas

Faial: Feteira, Castelo Branco

Pico: pastagens acima de São Roque, Lajes e na Piedade

São Jorge: Ponta dos Rosais (pastagens próximas), São Tomé, Topo

Graciosa: Serra Branca

Terceira: Cabo da Praia (um dos melhores locais do arquipélago onde observar esta espécie), Porto de pesca da Praia da Vitória, Lajes, Lagoa do Junco (área de pastagens envolvente), Cinco Ribeiras, Altares.

São Miguel: Nordeste, Ponta da Garça, Lagoa, Covoada, Ribeira Grande, Campo de Santana (um dos melhores locais do arquipélago para a observação da espécie), Fenais da Ajuda, Achada.

Santa Maria: Aeroporto de Santa Maria (e área envolvente)

2 respostas a Codorniz dos Açores

  1. Wesley diz:

    Boas gostaria de fazer produção de codorniz ,. ..preciso de orientação e comprar gaiolas vocês poderiam me ajudar ….sem mais obrigado

    • Caro Wesley,

      lamentamos, mas neste assunto (tal como noutros que digam respeito a aves de/em cativeiro) nunca somos bons conselheiros, uma vez que o nosso website se dedica à divulgação das espécies de aves selvagens açorianas. Deste modo, em relação ao seu pedido, consideramo-nos bastante incompetentes para o ajudar.

      Saudações cordiais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s