Gaivota-de-bico-riscado

Larus delawarensis

Esta gaivota americana é, depois do guincho-comum, a espécie de gaivota migradora mais comum nos Açores.

Identificação

Embora para a maioria das pessoas que se passeiam pelas zonas costeiras das ilhas todas as aves pertencentes a este grupo sejam “gaivotas”, esta espécie é relativamente fácil de identificar entre as mais comuns nos Açores, a gaivota-de-patas-amarelas e o guincho-comum, pois o seu tamanho medeia entre estas duas espécies: sendo menor que a primeira, é contudo maior que a segunda. Os adultos são cinzento-claro/cor-de-cinza, no dorso e nas asas, sendo as suas penas primárias pretas. A cabeça, pescoço, peito e abdómen são brancos. As patas amareladas, assim como o bico, que tem uma risca preta bem marcada. As aves de segundo ano têm cores parecidas, variando nas patas e bico (esverdeados) e têm a cabeça acastanhada por pequenas riscas. Quando estamos perante aves de primeiro ano, além da cor do bico e das patas ser ainda diferente (alaranjado pálido), os indivíduos apresentam a zona dorsal cinzenta, “escamada” por penas mais escuras, sendo a plumagem das asas e partes inferiores mais acastanhada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Atenção à possível confusão com a gaivota-parda. De dimensões e plumagem muito similares, o adulto não tem o bico riscado (sendo este também mais pequeno) e as suas patas são mais esverdeadas do que amarelas. Nos restantes calendários (1º e 2º ano) são mais difíceis de diferenciar (mesmo se os cinzentos e castanhos da sua plumagem são mais “vincados”), embora o seu bico seja mais pequeno/estreito.

Abundância e calendário

Espécie de origem neártica. Invernante. Embora existam registos precoces, é observada nos Açores de Novembro a Abril. Considerada “regular” no arquipélago açoriano, não está sujeita a homologação pelo Comité Português de Raridades.

Onde observar

Embora existam registos desta espécie em todas as ilhas do arquipélago, em algumas ilhas a sua ocorrência é muito rara, sendo regular sobretudo no Grupo Ocidental, no Porto da Horta/Baía de Porto Pim (Faial), na Praia da Vitória, Praia da Riviera e Porto de pesca da Praia da Vitória (Terceira), e em Ponta Delgada, Praia do Monte Verde e Sete Cidades (São Miguel).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s