Lagoa das Furnas

Sendo um dos mais emblemáticos lugares dos Açores, a Lagoa das Furnas é também um dos spots mais procurados pelo turismo ornitológico. Dezenas de espécies de origem holártica, de vários grupos, já ali foram observadas, merecendo destaque algumas espécies de anatídeos, pela sua regularidade anual.

A zona oeste da lagoa é o local mais procurado por limícolas e garças, sendo ainda regular a ocorrência de patos nesta área.

Especialidades: garça-real, garça-branca-pequena, galeirão-comum, marrequinha, piadeira, garajau, bico-de-lacre.

Outras espécies: milhafre, pombo-torcaz dos Açores, gaivota-de-patas-amarelas, melro, vinagreira, ferfolha, canário-da-terra, toutinegra dos Açores, lavandeira, estorninho dos Açores, tentilhão dos Açores, pintassilgo, pardal-comum, priolo.

Raridades: garça-branca-grande-americana, mergulhão-caçador, galeirão-americano, pato-trombeteiro, piadeira-americana, marreca-d’asa-azul, zarro-bastardo, negrinha, zarro-de-colar, águia-pesqueira, pilrito de bonaparte, maçarico-pintado, maçarico-de-bico-comprido.

Visita: para quem visite o local pela primeira vez, aconselha-se uma visita à lagoa a pé (cerca de duas/três horas, dependendo da época do ano e do número/variedade de espécies presentes na lagoa), podendo a visita começar pela zona das Caldeiras (margem norte), torneando a lagoa pelas margem na direcção E/S e voltando ao ponto de partida inicial que, além de ser, geralmente, o melhor observatório da lagoa é também a zona mais visitada pelos turistas devido às emblemáticas fumarolas (Caldeiras) e o melhor local para estacionar as viaturas.

Melhor época: Outubro a Março

Ilha: São Miguel

Concelho: Povoação

Onde fica: a cerca de 2,5 km das Furnas e 40 km de Ponta Delgada

Aqui perto: Achada das Furnas

Anúncios