Periquito-rabijunco

Psittacula krameri

Este vistoso e barulhento periquito, da África Subsariana e região Indomalaia, à semelhança do que aconteceu em diversos países europeus e no continente, é uma espécie introduzida/escapada de cativeiro, que se assilvestrou e se reproduz actualmente, ainda em número reduzido, em São Miguel na zona de Ponta Delgada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Identificação

Mais ou menos do tamanho duma rola, a sua comprida e característica cauda (facilmente visível com as aves pousadas ou em voo) confere-lhe uma maior envergadura. As asas são compridas e pontiagudas. A sua plumagem é quase toda verde-pálido, com um colar preto e rosado, e a garganta preta. O bico é vermelho e preto. As suas patas são cinzentas-azuladas.

Abundância e calendário

Espécie introduzida/escapada de cativeiro. Residente. Nidificante ocasional. Apenas se conhece a sua nidificaçãoem Ponta Delgada(São Miguel).

Onde observar

Zona do Hotel Garden, Jardim António Borges/Pousada de Juventude, Jardim José do Canto, imediações do Restaurante a Rotunda.

3 respostas a Periquito-rabijunco

  1. Luis Guilherme C.I.Brandão diz:

    Sim,tenho observado alguns exemplares de RingNecks,verdes,nas zonas de Ponta Delgada,(Parques,Universidade,etc.),e também arredores,Fajã de Baixo,Fajã de Cima,Aeroporto,Relva,,etc.
    Sempre de côr verde,julgo que outras mutações,a haver,tem pouca probabilidade de escaparem,por causa da falta de camuflagem na vegetação do habitat,o que a côr verde lhes dá.
    É uma ave fugidia ao contacto humano,mas permanece com outros animais,não se assustando.
    Nidifica em buracos nas arvores altas,preferindo eucaliptos,palmeiras e carvalhos.
    Praticamente não tem predadores em S.Miguel,pelo que prevejo o seu aumento.

  2. Luis Guilherme C.I.Brandão diz:

    TENHO CONSTATADO O AUMENTO DESTA AVE EM LIBERDADE,MORMENTE APARECEM-ME 7 MAIS OU MENOS EM PROXIMIDADES DE AVIARIOS COM CONGENEROS,E VEM COMER RESIDUOS PROXIMOS,AGARRANDO-SE Á REDE DOS AVIARIOS E TENTANDO O
    CONTACTO.. MUTAÇÕES NÃO SE VEEM,SÓ NA COR VERDE

    • Obrigado Luís. Em que local (freguesia ou concelho) foi este ultimo avistamento de sete ou mais?
      Esta ave está em expansão no continente europeu, avistando-se ja em bastantes cidades europeias, incluindo Lisboa e Porto. Nos Açores aparenta estar a expandir-se na ilha de São Miguel, mas nas restantes a situação é menos clara.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s