Praia da Vitória

Próximo do Paul da Praia este local, que compreende a marina, a praia principal desta cidade e a baía da Praia da Vitória, é o melhor sítio da Terceira para a observação de gaivotas e, provavelmente, o maior “dormitório” dos Açores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Especialidades: gaivota-de-bico-riscado, gaivota-de-patas-amarelas, guincho-comum, lavandeira, pardal.

Outras espécies: cagarro, borrelho-de-coleira-interrompida, pilrito-das-praias, maçarico-galego, garça-branca-pequena, gaivotão-real, garajau-comum, pombo-das-rochas, melro.

Raridades: pato-preto, mergulhão-d’orelhas, mergulhão-de-pescoço-preto, mobelha-grande, corvo-marinho-de-faces-brancas, gaivota-de-cabeça-preta, gaivota-alegre, gaivota de Bonaparte, gaivota-parda, gaivota-prateada-americana, gaivota-polar, gaivotão-branco.

Visita: a cerca de 4 km do aeroporto das Lajes e a 21 km de Angra do Heroísmo, este local não necessita de muitas indicações, pois situa-se perto do centro da cidade, sendo que quase todos os acessos acabam por nos conduzir na direcção pretendida.

Durante o dia é possível ver uma ou outra gaivota, sobretudo na praia, mas é no final do dia, pousadas no areal e na baía, que poderemos observar várias espécies de gaivotas, sendo conhecidas no local observações de mais de vinte gaivotas-de-bico-riscado ou 700 guinchos.

Melhor época: Outubro a Março

Concelho: Praia da Vitória

Distrito: Açores

Onde fica: Grupo Central – Terceira

Aqui perto: Paul da Praia, Paul do Belo Jardim/Praia da Riviera, Porto de pesca da Praia da Vitória, Cabo da Praia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s