Sete Cidades

Habitualmente os observadores de aves ligam o nome desta localidade à Lagoa Verde e à Lagoa Azul – na realidade as lagoas que comportam o maior número de observações –, embora na zona existam outras lagoas com potencial para o birdwatching, como a Lagoa Rasa, a Lagoa de Santiago ou a Caldeira do Alferes. Tal como acontece com quase todos os spots para a observação de aves em São Miguel, também neste caso os locais aqui destacados são ao mesmo tempo sítios turísticos muito procurados pelo turismo convencional, sendo por este facto as Sete Cidades uma das zonas com mais espécies observadas nesta ilha. Além das espécies de origem holártica possíveis de observar na zona, as Sete Cidades são também um dos poucos habitats do arquipélago onde se reproduz a galinha-d’água dos Açores.

A Lagoa Azul é provavelmente o local em São Miguel com maior variedade de observações (Foto: Carlos Pereira)

Especialidades: garça-real, garça-branca-pequena, galinha-d’água dos Açores, galeirão-comum, marrequinha, piadeira, garajau, perna-verde, verdilhão, bico-de-lacre.

Outras espécies: milhafre, pombo-torcaz dos Açores, vinagreira, melro, ferfolha, toutinegra dos Açores, lavandeira, estorninho dos Açores, canário-da-terra, tentilhão dos Açores, pintassilgopardal-comum

Raridades: mergulhão-caçador, galeirão-americano, pato-branco, arrabio, pato-trombeteiro, piadeira-americana, marreco, marreca-d’asa-azul, zarro-bastardo, negrinha, zarro-de-colar, perna-amarela-pequena, fuselo, pilrito de bonaparte, pilrito-rasteirinho, maçarico-pintado, maçarico-de-bico-comprido, gaivota-de-bico-riscado, felosinha, águia-pesqueira.

Visita: O acesso, a partir de Ponta Delgada, em direcção a Mosteiros/Sete Cidades; seguir pela estrada costeira e virar à direita perto do miradouro da Vigia das Feteiras, pelo interior; ou em alternativa, seguir sempre a estrada costeira até Várzea, apanhando então nesta freguesia a ligação, à direita, em direcção às Sete Cidades.

A ponte que divide as lagoas Verde e Azul é, habitualmente, o local da primeira abordagem; com a ajuda de telescópio ou apenas com binóculos poderemos observar alguns patos, galeirões ou galinhas-d’água; depois, a estratégia é muito simples, a pé ou de carro, percorrer as margens das duas lagoas, efectuando curtas paragens para observar algumas silhuetas e vultos por identificar. Para quem tiver mais tempo, na Lagoa Azul, vale a pena uma visita à zona arborizada, localizada na margem direita de quem segue na direcção Ponta Delgada/Sete Cidades, pois trata-se dum local onde habitualmente são observadas algumas espécies de passeriformes.

Melhor época: Outubro a Março

Ilha: São Miguel

Concelho: Ponta Delgada

Aqui perto: Mosteiros

Anúncios